(62) 3282-2232 (62) 3282-1489 (62) 99367-3179 (Wpp - CLARO) (62) 98202-4246 (Wpp - TIM)

Cia da Abelha - Notícias

6 - TENDÊNCIAS DO MERCADO APÍCOLA PARA 2017




Prezados amigos apicultores e Meliponicultores,
parceiros e colaboradores da  CIA DA ABELHA  em todo o Brasil.

Entramos o dia 01 de Fevereiro de 2017 e com ele o fim do período oficial de férias e a data em que efetivamente todos retomamos integralmente as atividades  do dia a dia. A  CIA DA ABELHA está na ativa desde o dia 02 de Janeiro, funcionando plenamente e atendendo os apicultores e Meliponicultores em todo o Brasil. A CADEIA DO AGRONEGÓCIO APÍCOLA continua sua expansão como vem ocorrendo praticamente desde meados de 2012, com forte crescimento da procura dos consumidores brasileiros por mel in natura e também dos mercados externos que continuam a procura por mel do Brasil para levarem para seus países. 2017 promete ser, mais uma vez, um ano favorável ao crescimento da Cadeia da apicultura em todo o país.

            2016 correspondeu a todas as previsões estabelecidas para produção. La niña ganhou força perante o fenômeno El niño e em todas as regiões do Brasil  a produção de mel foi a maior dos últimos 4 anos, embora ainda aquém da média de produtividade histórica para as colméias. No geral observou-se um aumento do uso das tecnologias de produtividade em apiários, mas a grande maioria ainda permanece sem aplicação dos mesmos, impedindo um aumento substancial da média de produtividade das colméias. O aumento da demanda foi significativo, com forte volume de exportações além do crescimento do consumo no mercado doméstico com evidente aumento da procura por mel para consumo pelas famílias brasileiras. 2017 não será diferente. O volume de chuvas vem mantendo-se dentro do esperado e  em algumas regiões com maior volume do que o período chuvoso de 2016, confirmando a recuperação climática favorável a produção de mel que deve se estender até meados de 2019.

            Entrepostos de maneira geral frearam compra no final de 2016, início de 2017, dado o preço haver subido muito nas mãos dos apicultores. A queda do preço do dólar associado ao preço do mel colocado no mercado internacional garantem preços variando entre R$ 8,00 e R$ 12,00 o quilo do mel pago ao produtor. Entretanto apicultores estão pedindo preços de R$ 14,00, R$ 15,00 o quilo do mel no atacado, inflacionando o mercado acima do preço que deveria valer frente a relação de mercado dólar x preço. E isso freia compras até o momento do ajuste de preços necessário ao crescimento salutar do mercado. Um recente áudio que vem circulando nas redes sociais proveniente possivelmente de um forte exportador do interior de São Paulo vem gerando polêmica e medo entre os apicultores. O referido áudio fala de um crescimento mundial vertiginoso de produção de mel orgânico em países como México e Índia. Particularmente  duvido muito da veracidade das informações ali contidas. O México a mais de 10 anos vem mantendo uma produção total de mel estável na casa das 60.000 toneladas de mel/ano e a Índia sequer entra nas estatísticas de países produtores de mel. O objetivo é, obviamente, aproveitar da falta de organização associativa do apicultor e produzir medo e insegurança com claro objetivo de frear a escalada de preços do mel brasileiro junto ao apicultor.

            A tendência do preço do mel é sim sofrer uma queda no preço pago ao produtor, não pela questão da oferta x demanda, mas pelo ajuste necessário de mercado para o pleno destino de mercado daquilo que é produzido pelo apicultor. O preço deve se ajustar na faixa de R$ 8,00 a R$ 10,00 o quilo pago ao produtor, regulando-se perante o preço do dólar e o preço do mel no mercado internacional. Importante ao produtor neste momento é focar naquilo que a anos viemos batendo na tecla: produzir bem com elevada produtividade, com custos de produção baixos para que a lucratividade por quilo de mel cresça. A demanda pelos próximos 10 anos do mercado interno e externo somados permanece em 170.000 toneladas/mel/ano, e o apicultor brasileiro ainda não conseguiu romper as barreiras das 40.000 ton/mel/ano, portanto há muito o que se produzir, o que melhorar a produtividade e assim atingir o mercado através da produção elevada com qualidade.

            Atingir maiores produtividades no apiário passa pelo tripé técnico apícola: alimentação correta e abundante, troca de rainhas esgotadas por novas selecionadas e troca de favos velhos por novos com cera alveolada, tudo dentro de uma metodologia correta e específica para o atingimento dos objetivos. Em termos de qualidade de produção passa pelo controle do que se aplica, os riscos e perigos do manejo (RASSAP), o controle total de todo o processo envolvendo equipe de trabalho, uso de materiais e insumos, logística entre outros (RASTREABILIDADE HACCP), e o processo de qualidade total envolvendo toda a cadeia de beneficiamento da colméia a gôndola do supermercado (ISO 9001). O apicultor profissional e atento a estas questões é o profissional desejado pelo mercado e pela cadeia, que não cai nas armadilhas da conversa inocentes x culpados, a conversa que existem exploradores e explorados, mas que enxerga plenamente as possibilidades de mercado através de uma maior produção e produtividade consorciada com processos de qualidade total implementados.

            Aos profissionais da Cadeia vamos em frente pois o mercado é pleno integralmente de vocês. Aos que ainda estão caminhando ou vacilando na implementação correta de uma apicultura profissional corram atrás, não fiquem esperando o mercado chegar até vocês, caso contrário ficarão para trás. O mercado é pleno, mas para aqueles que tiverem permanente foco em produção, produtividade e qualidade.

Postado também no site da Cia da Abelha:
http://www.ciadaabelha.com.br/site/index.php?p=noticias
no Blog da Cia da Abelha:
http://ciadaabelha.blogspot.com.br/
e em todas as redes sociais: Facebook e Whatsapp

Acesse nosso site: www.ciadaabelha.com.br e obtenha esta e outras
importantes e essenciais informações para a constituição do seu negócio apícola.
 
Um Fraternal Abraço
Armindo V. N. Junior
Apicultor e Gestor de Sistemas de Produção Apícola.
Apiterapeuta e acupunturista
Moderador da Lista Cia da Abelha
CIA DA ABELHA - GOIÂNIA/GO
REFERÊNCIA NA CADEIA DO AGRONEGÓCIO APÍCOLA DESDE 1983
www.ciadaabelha.com.br - ciadaabelha@ciadaabelha.com.br - skype: ciadaabelha
Tels: 62-32822232/62-81020918(TIM) /62-93673179(CLARO)
Sinto muito”.” Me perdoe”. “Sou grato”, “Te amo”...
Quatro frases que transformam qualquer realidade negativa. Pratique!